Empréstimo negado

Empréstimo negado: o que fazer nessa hora?

Quando a sua empresa é pega de surpresa e tem um empréstimo negado, pode bater aquele desespero. Veja o que fazer para ajudar seu negócio a sair dessa!

Empréstimo negado pode ser sinônimo de muitas coisas. Logo, o primeiro passo é entender o que aconteceu, para encontrar soluções assertivas e ter acesso ao crédito. 

E é sobre isso que vamos falar hoje. Então, empreendedor(a), se você teve seu empréstimo negado, confira todas as dicas e veja como sair dessa.

Mas, antes de falar sobre ações e soluções, é importante entender o que possivelmente causou a resposta negativa.

2 pontos são bem importantes da hora da análise do crédito:

  • Faturamento: o valor informado na solicitação deverá ser comprovado por documentação. Geralmente, também é avaliada a capacidade da empresa de gerar caixa. Se os extratos da pessoa jurídica não refletem 100% o faturamento informado, é importante buscar maneiras de comprovar a receita total. 
  • Restrições: várias fontes de dados são consideradas na análise do pedido, informações e scores de birôs de crédito, como o Serasa, por exemplo. Apesar de as restrições não levarem direto a uma negativa do pedido, elas são considerações significativas e ajudam na tomada da decisão sobre a concessão do empréstimo. É super importante entender o tamanho e a relevância dessas restrições.

Geralmente, esses dois fatores são fundamentais para as credoras na hora da análise de crédito. Ainda assim, a alavancagem da empresa tomadora do dinheiro também pode ser relevante.                                               

Um bom nível de alavancagem significa equilíbrio entre a receita e a renda comprometida com dívidas e investimentos. De certa forma, o empréstimo negado acaba protegendo a empresa de se prejudicar financeiramente. Afinal, nunca é uma boa escolha tornar-se inadimplente.

Por isso, a negativa pode ser um sinal de alerta de que talvez não seja o momento ideal de pedir crédito. Assim, a empresa pode aproveitar esse período para se organizar financeiramente, priorizar o que é importante para a saúde financeira do negócio e se estruturar. Por exemplo, normalmente, após 90 dias a empresa pode fazer uma nova solicitação.

Empréstimo negado, algumas ações importantes:

Resolva as pendências financeiras e evite restrições

Uma primeira ação, caso haja restrição no nome da empresa ou dos sócios, é falar com os credores responsáveis pelas pendências financeiras e negociar. Pode-se realizar a quitação integral ou propor um novo plano de pagamento, como o parcelamento dos valores devidos. 

Depois, é só esperar que a restrição saia do cadastro da empresa/sócios e assim fazer uma nova solicitação.

Fora isso, é importante dar aquela olhadinha em contas mais antigas que podem estar em aberto e organizar as datas de pagamento, para não esquecer de nada. Se a empresa tiver outros sócios, o mesmo aviso vale para eles. 

Boa gestão e organização financeira

Essa é uma dica que parece clichê, mas é FUNDAMENTAL para a concessão do crédito. Uma empresa que não conhece e não tem controle dos seus números, diminui consideravelmente sua chance de ter acesso a empréstimos. Por isso, é muito importante ter planejamentos de médio e longo prazos. Dessa forma, qual é o cenário atual da empresa e aonde ela quer chegar?

Abaixo, confira alguns artigos de impacto sobre o assunto:

Diversificação de clientes

Não é uma tarefa fácil. Mas a prospecção de negócios não pode parar! Mesmo que a empresa tenha grandes clientes geradores de receitas importantes.Dessa forma, uma carteira diversificada mostra maior possibilidade de lidar com mudanças no mercado. A diversificação acaba afastando a chance de quedas bruscas de faturamento, uma vez que não há dependência de um ou dois clientes específicos. Imagine, e se a empresa perder esse cliente que gera seu maior faturamento, como ela vai ficar?

Ter a internet como aliada para essa aquisição é essencial. No universo digital tudo é mais fácil, rápido e transparente. Dessa forma, usar essas ferramentas a favor da empresa para prospectar, vender e fidelizar clientes é uma ação simples e de grande impacto de receita. Um exemplo disso é a utilização do WhatsApp para vender. Por exemplo, todo mundo hoje tem o app em mãos no celular.

Presença Digital

Não é só sobre ter uma conta da empresa no Facebook, Instagram, LinkedIn, dentre outros. Nem sobre surfar uma onda digital e estar ali nas redes sociais. É sobre ter um canal aberto e vivo de relacionamento com os clientes. É sobre estar presente, produzindo conteúdo relevante para os consumidores, aumentando o engajamento da marca, gerando confiança e criando laços com os clientes. Dessa forma, ter presença digital aumenta relevância e cria autoridade para a marca e, consequentemente, gera valor para a empresa.

E, sim, isso ajuda na avaliação e condições de crédito. 😉

Entendendo a responsabilidade dessa presença digital para o negócio, investir em estratégias de marketing para o fortalecimento e abrangência da marca é muito importante.

Evoluindo o negócio dia a dia

O empréstimo negado parece mais assustador do que realmente é. Ele funciona como um sinal de alerta de que outras coisas precisam ser priorizadas num primeiro momento. Mas, definitivamente, essa negativa não é uma resposta final.

Às vezes, somos surpreendidos por crises inesperadas, falta de pagamento de clientes, problemas com fornecedores,etc. Nem sempre o capital externo é a melhor solução logo de cara. 

Se isso acontecer, o ideal é sentar e organizar as contas. Dessa forma, ao longo deste post, demos algumas dicas de conteúdos relevantes sobre pontos superimportantes da organização da empresa.

Depois de checar toda a listinha de prioridades, tudo estiver ok e sua empresa tiver um propósito bem definido para o empréstimo, aí chegou o momento de fazer a solicitação de crédito.

O mais importante aqui é priorizar a saúde financeira. Ou seja, dar os passos necessários para que a empresa mantenha-se saudável e possa ter um crescimento escalável.


Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida? Este post foi escrito em parceria com o time da BizCapital. Somos a fintech parceira do Estímulo 2020, que concede crédito para micro, pequenas e médias empresas brasileiras.Nosso propósito de ajudar os empreendedores a crescerem e prosperarem, oferecendo os recursos financeiros necessários.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.