marketing nas redes sociais

Marketing nas redes sociais: veja como promover sua empresa

É inegável: cada vez mais as empresas, independentemente do porte delas, estão presentes na internet e investindo em marketing nas redes sociais para atrair mais clientes, conquistar espaço no mercado e tornar a marca delas mais sólida e conhecida pelo público.

Em meio a esse cenário, quem não tem experiência com o assunto costuma ficar em dúvida sobre como dar o primeiro passo e também começar a promover o próprio negócio para não ficar atrás da concorrência. Se esse é o seu caso, não se preocupe! Neste post, falaremos mais sobre o assunto e traremos algumas dicas que vão ajudá-lo nessa missão. Confira!

Como o marketing nas redes sociais pode impulsionar uma empresa?

Investir em marketing nas redes sociais é usar um espaço com ótimo custo-benefício ao seu favor — e de múltiplas maneiras. Isso porque, ao estar presente nelas, você tem a oportunidade de aumentar a visibilidade e o alcance da sua marca, com uma ampla divulgação de produtos e/ou serviços (incluindo novidades, reposições e lançamentos limitados).

Além disso, você planeja, com mais liberdade e autonomia, campanhas publicitárias mais segmentadas para cada perfil de público (faixa etária, gênero, localização, gostos pessoais etc.). Isso é algo que fica limitado quando tratamos das mídias tradicionais — TV, rádio e jornal — onde não é possível ter acesso a dados tão precisos.

Vale mencionar ainda que as redes sociais permitem a integração com plataformas de e-commerce ou o direcionamento em alguns cliques para sites e lojas virtuais, o que facilita e torna mais prático, por parte do usuário, o processo de comprar coisas novas pelo computador, tablet ou mesmo pelo smartphone.

Mas não acaba por aí, já que você também cria um canal de comunicação direto e instantâneo com os seus clientes que pode ajudar a esclarecer as principais dúvidas, resolver problemas, receber críticas e ainda captar potenciais clientes que estão em dúvida ou curiosos sobre a sua empresa e os diferenciais dela.

Como os clientes utilizam as redes sociais?

Um levantamento de 2019 do We Are Social em parceria com o Hootsuite apontou o que muitos de nós já suspeitávamos: o Brasil é um dos países onde mais as pessoas passam o dia conectadas à internet. Em média, são nada mais, nada menos do que 9h29. Para se ter ideia, ficamos atrás apenas das Filipinas (com 10h02).

Já o SPC Brasil constatou, por meio de pesquisa, que 47% dos internautas brasileiros não compram algo sem antes pesquisar na internet para ter mais informações e referências sobre o produto. Nesse processo, as redes sociais têm enorme relevância, pois é onde muitos usuários trocam experiências e entram em contato com as empresas.

Para completar, outra sondagem do órgão mostrou que 70% das compras online já são feitas por aquele aparelho indispensável na nossa rotina: o celular. O que mostra, mais uma vez, como a convergência entre redes sociais e e-commerces têm colhido bons frutos.

Quais as estratégias para utilizar as redes sociais?

Agora que você já sabe como o marketing nas redes sociais pode ser de grande ajuda para divulgar e aumentar as vendas do seu negócio, vamos falar sobre algumas estratégias para começar a colocá-lo em prática. Para isso, reunimos algumas dicas que vão desde a criação de página até o impulsionamento de postagens. Confira!

Criação de página

Antes de qualquer coisa, é preciso estar presente nas redes sociais. Afinal de contas, é como diz aquele famoso ditado popular: quem não é visto, não é lembrado. Para isso, faça uma seleção prévia das plataformas nas quais a sua marca vai aparecer, já que não faltam opções — e você deve focar em qualidade, não em quantidade.

Abaixo, nós mostramos quais são elas e os segmentos para os quais são voltadas:

  • redes sociais profissionais: são direcionadas para o mercado de trabalho e têm a proposta de divulgar projetos e vagas, além de conectar profissionais entre si e também com as organizações — é o caso do LinkedIn e do Behance;
  • redes sociais de conexão e compartilhamento de mídia: são direcionadas para o público geral, colocando-o em contato com páginas, grupos e perfis e servindo como fonte de diversas publicações (de texto, foto, vídeo, gif etc.) — é o caso do Instagram, do Facebook, do Twitter, do YouTube etc.;
  • redes sociais comerciais: também são direcionadas para o público geral, mas elas têm formatos mais simples, são predominantes nos smartphones e servem especificamente para a interação do cliente com a empresa (dúvidas, sugestões, críticas etc.) — é o caso do WhatsApp Business.

Produção de conteúdo

A próxima estratégia deve girar em torno da produção de conteúdo. Afinal, as publicações nas redes sociais não podem ser feitas de qualquer modo e sem supervisão. Ao contrário, elas precisam ser elaboradas para ter uma identidade visual — mesma paleta de cores, padrão na escolha de imagens e vídeos, um estilo de linguagem bem definido etc.

Tudo isso ajuda o usuário a identificar a sua marca, a reconhecer que aquele conteúdo foi feito pelo seu negócio e a absorver com mais facilidade a mensagem que você quer passar.

Cronograma de conteúdo

Depois de definida a criação de conteúdo é hora de focar no cronograma das publicações. Isso é importante porque é preciso que elas sejam recorrentes a longo prazo. Do contrário, os algoritmos das redes sociais entendem que o seu perfil está desatualizado e não é ativo, penalizando ele.

Logo, cada vez menos usuários que lhe seguem vão ter acesso orgânico aos seus conteúdos. Na prática, isso significa que eles vão aparecendo com menos frequência na página inicial e na aba de stories deles.

Portanto, tenha em mente que o cronograma deve ter não apenas a quantidade de postagens por semana, mas também o dia e o horário em que elas vão ao ar. Há, inclusive, plataformas que podem ajudá-lo com essa organização, deixando agendado diversos conteúdos. Algumas delas são o Latergram, o Hootsuite e o Buffer.

Como se manter atualizado?

Você deve estar se perguntando: “As redes sociais estão em constante mudança e cada vez mais surgem novas plataformas com recursos e ferramentas diferentes. Como eu posso me manter atualizado e preparado para me adaptar a elas?”. Por isso, saiba que não há segredo: faça cursos, oficinas, workshops e treinamentos de gestão de redes sociais e marketing digital em iniciativas que apoiem empreendedores.

O Estímulo 2020, por exemplo, conta com curso gratuito sobre marketing digital, oferta lives com especialistas em diferentes segmentos e ainda disponibiliza vários artigos para aumentar o seu conhecimento prático sobre essa e outras atividades que que ajudam a fortalecer (e a fazer crescer) o seu negócio.

Como você leu, a tecnologia faz a diferença nas relações atuais de consumo. Por isso, apostar no marketing nas redes sociais é indispensável para quem busca expandir as possibilidades comerciais e de reputação de marca do próprio empreendimento.

Gostou de ler sobre este assunto? Então aproveite e compartilhe o post nas redes sociais para que seus amigos e ainda mais pessoas tenham acesso a estas informações!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.